Como Acariciar a Filha

Criado: Sábado, 13 Junho 2020 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Quem tem ataxia e atetóide (movimentos descoordenados e involuntários) causadas por uma lesão cerebral aprende, com a experiência, que fica menos difícil fazer algo se apoiar o membro que tem tais sequelas numa base fixa e ancorar bem o corpo. Nas últimas semanas, quando Clara está assistindo um vídeo no sofá muitas vezes paro e apoio neste o braço esquerdo – o menos rebelde – para acariciar suas pernas, até para ela perder o medo das minhas carícias. Ontem à noite, consegui botá-la para dormir assim pela segunda vez neste período. Acabar com esse medo tem sido um processo lento e complicado, que às vezes duvido que será bem-sucedido.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault