Trabalho de Sisifo

Criado: Quarta, 06 Março 2019 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Nos últimos anos que morei em Recife, as empregadas dividiam meus irmãos e eu em dois grupos, os bagunçados e os organizados, e me colocavam neste – de fato, meu quarto ficava arrumado a maior parte do tempo. Não tinha ilusões que conseguiria o mesmo ao vir morar em Curitiba – durante nosso curto namoro, Silvia deixou meu quarto caótico quando foi me encontrar em Recifewink Apesar de me incomodar, não vale a pena reclamar da bagunça daqui exceto nas ocasiões em que se torna repetidamente um obstáculo às minhas atividades – aí realmente fico de cabeça quente. Tudo que posso fazer, inclusive várias vezes por dia, é ficar apanhando o lixo para botar no cesto, guardando os brinquedos das meninas – um por um, pois não tenho coordenação motora para pegar vários simultaneamente – e outros objetos, apagando as luzes, etc. Embora algumas vezes chegue a conseguir arrumar a sala, em geral o resultado é pequeno ou insignificante, quase um trabalho de Sisifo. Nossa empregada é que é grata por isso.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault