Carícia da Filha

Criado: Segunda, 12 Junho 2017 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Até recentemente, quando queria chamar a atenção de Clara para algum brinquedo, o batia no chão, na mesa, etc. Por isso, seu padrão predominante de brincadeira é os bater ou jogar, o que me fez tirar onda que esta será uma física de partículas – uma das profissões que eu gostaria de haver tido –, cujo trabalho basicamente é atirar coisas (partículas) umas contra outras para ver de que são feitas. Do mesmo modo, a única carícia que Clara nos fazia era dar tapinhas, o que preocupou Silvia, que tentou ensiná-la a nos alisar e não teve sucesso. Sem qualquer intenção didática, quando Clara estava na cadeira de alimentação passei minha cabeça na sua mão por dias seguidos, o que a fez aprender a me acariciar. Como mostra o vídeo, me derreto com as carícias de Clara.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault