Bebendo

Criado: Sábado, 08 Março 2014 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Às vezes há modos simples e diretos de ver o preconceito e/ou a desinformação sobre quem tem paralisia cerebral: num bar, quando o garçom serve a cerveja, se ele enche meu copo ou não, ou se alguém se espanta que eu bebo – e já aconteceu duas vezes de pessoas da mesa vizinha quererem chamar a polícia ou agredir quem estava comigo, só porque estava me dando bebida.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault