Alegrias de Pai

Criado: Domingo, 10 Novembro 2019 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Ontem de manhã, enquanto comíamos Clara ficou, rindo muito, me falando de brincadeira “mamãe é uma baratinha(ou minhoquinha), né?”, o que me fez pensar em como é bom ver uma filha espelhar, herdar características nossas que são boas – nesse caso, alegria, bom humor e facilidade de rir.

Clara continua gostando de ficar no meu colo quando estou na cadeira de rodas, mas, com seu crescimento, é um peso cada vez maior para Silvia conduzir – algo que deve ser evitado até esta retirar a hérnia que tem no abdome – e às vezes fica me machucando. Uma solução é colocar nela uma coleira infantil segurada por Silvia; outra, se esquecermos da coleira, é Clara segurar minha mão. Tentei a segunda solução algumas vezes, sem sucesso porque a descoordenação motora me fazia machucar sua mão, até que, ontem à tarde, o consegui num shopping center – fiquei todo faceiro ao andar (de cadeira de rodas) de mãos dadas com minha filha pela primeira vez. Num elevador desse shopping center, Clara mostrou a foto que tiramos com o Papai Noel de lá, mostrando os pais sem dá a mínima para minha deficiência.

À noite, após ver Silvia me beijando sentada no meu colo, Clara veio me beija e acariciar.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault