Esposa Politicamente Incorreta

Criado: Terça, 17 Julho 2018 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Quando começou a namorar comigo, Silvia dizia ser sisuda e que raramente ria. Não consigo imaginá-la daquele jeito, pois comigo ela chega a parecer uma menina, sobretudo à noite após botarmos as crianças para dormir e fecharmos nosso quarto, momento em que muitas vezes ela começa um festival de besteirol; uma vez, ela disse que sei extrair a autenticidade das mulheres, talvez porque sou bem-humorado, alegre, tolerante e rio facilmente. Nesse e em outros momentos ela já me chamou de cachorro, macaco, cavalo, cabrito, bode, dragão de Komodo, bebum, herege, tarado – acho os dois últimos termos até elogiosos, bem como “gatinho”; e imita meus gestos e movimentos descoordenados e os poucos sons que consigo falar. Com uma esposa assim, quem precisa de inimigos?laughing Morro de rir disso tudo e até faço os sons de alguns desses animais.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault