Paranoia

Criado: Quarta, 14 Setembro 2016 Escrito por Ronaldo Correia Junior

Nossa filha nasceu com hipoglicemia, a qual poderia ter causado uma lesão no cérebro e fiquei com uma paranoia contida de que tivesse paralisia cerebral – era algo irracional, pois a pediatra que a acompanha é excelente e teria nos avisado de qualquer sinal dessa deficiência. Devido à falta de experiência e informação, nos meus primeiros seis de vida meus pais nada viram de errado comigo e, só quando foram para Fortaleza, é que uma tia minha percebeu, porque eu não sustentava a cabeça. Na segunda consulta, a pediatra estranhou que nossa filha ainda não levantava a cabeça quando ficava de bruços e recomendou a botarmos nessa posição, senão poderia demorar a engatinhar. Ao fazermos isso, ela passou vários dias sem conseguir erguer a cabeça, o que intensificou a paranoia, até que teve êxito e esta se desfez – foi um alívio!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

0
0
0
s2sdefault